Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check

Ex-mordomo de Bento 16 é condenado a 18 meses de prisão

Ex-mordomo do papa, Paolo Gabriele foi condenado a um ano e meio de prisão por vazar documentos. Foto: Reuters.

Paolo Gabriele, ex-mordomo do papa Bento 16, foi condenado neste sábado pelo Vaticano a 18 meses de prisão por roubo com agravante dos documentos reservados do pontífice.

A sentença foi lida pelo presidente do tribunal, Giuseppe della Torre, após duas horas de deliberações. A pena foi menor que a pedida pela Promotoria, que esperava uma condenação a três anos de reclusão.

A advogada do ex-mordomo disse que decidirá nas próximas horas se fará alguma apelação à sentença. A condenação ainda poderá ser revertida caso o papa Bento 16 perdoe Gabriele.

Della Torre decidiu reduzir a pena porque Gabriele não tem antecedentes criminais. O ex-mordomo voltará à prisão domiciliar, onde deverá cumprir a condenação.

Em seu último apelo antes da divulgação do veredicto, Gabriele disse que entregou os documentos a jornalistas “exclusivamente por seu amor visceral pela Igreja Católica e o papa”.

A defesa pediu ao tribunal que reduzisse as imputações de roubo com agravante e apropriação indevida para que fosse liberado.

Após ouvirem os dois lados, os jurados consideraram que Gabriele abusou da confiança do papa ao pegar a correspondência do pontífice.

ESCÂNDALO

O vazamento de informações deu origem a um livro e provocou um escândalo na Igreja Católica. Entre os papeis extraviados, estão mensagens e e-mails confidenciais, alguns dirigidos a Bento 16, que foram enviados para fora do Vaticano.

A imagem da Santa Sé foi abalada pelo vazamento, o que provocou uma das maiores crises do papado de Bento 16, já que colocou em questão inclusive a sua liderança como guia da Igreja.

Segundo a imprensa italiana, Gabriele não agiu sozinho e a operação tem como objetivo desacreditar um setor do episcopado italiano com ambições de chegar ao cargo.

Estes documentos revelam as disputas e rancores que existem entre diversos cardeais e autoridades, que acusam uns aos outros e depois recorrem ao papa para dirimir os conflitos.

Das Agências de notícias via Folha.com

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>