Convento é pichado em Jerusalém com frases ofensivas a cristãos

Imagem : Bol.uol.

Um convento franciscano foi pichado nesta terça-feira em Jerusalém com frases que profanam Jesus Cristo e são consideradas ofensivas aos cristãos. O ataque acontece um mês depois que outro monastério foi atacado na região. De acordo com a polícia de Israel, as mensagens apareceram nesta manhã no Convento de São Francisco, no monte Sião. As portas do monastério foram pichadas com xingamentos profanando Jesus em hebraico, incluindo a inscrição “preço a pagar”, em referência aos colonos judeus radicais.

Os agentes ainda não têm pistas sobre os autores da ação, mas deverá seguir como as de ações similares nos últimos três meses contra conventos cristãos e mesquitas. No início de setembro, o Monastério de Latrum, a 20 km de Jesrusalém, foi alvo de ataque similar. O prédio foi pichado e teve uma das portas incendiada durante a madrugada. Dentre as frases contra os cristãos pichadas em hebraico nas paredes, estava “Jesus é um símio” e citações a Migron, colônia judaica mais antiga da Cisjordânia, esvaziada dias antes por ordem da Justiça israelense. O presidente Shimon Peres condenou o ato, que considerou contrário aos princípios do judaísmo. “Não devemos danificar os santuários de outras religiões. As ações deste grupo vão contra os princípios da religião judaica e prejudicam Israel”. Apesar da grande quantidade de ataques de colonos judeus radicais, autoridades israelenses prenderam quase nenhum ativista. Uma das razões para que não haja prisões é o tipo de atuação dos grupos, similar a de um serviço secreto.

Fonte: Bol.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>