Rebeldes sírios anunciam “batalha decisiva” para dominar Aleppo

 

Sempreguerra.blogspot.com

Um grupo de rebeldes sírios anunciou nesta quinta-feira uma ofensiva contra o regime de Bashar Assad para tomar o controle de Aleppo, no norte do país.

De acordo com os opositores, milhares de combatentes se organizam em escolas da cidade para fazer um ataque às forças de segurança. O Observatório Sírio de Direitos Humanos, sediado em Londres, relata combates violentos em andamento nos bairros de Izaa e Seif al Dawla.

Mais cedo, esta organização indicou a ocorrência de bombardeios do Exército dos bairros rebeldes de Mayssar e Hanano, na cidade de Aleppo, e de outras localidades da província homônima.

A agência de notícias estatal Sana também anunciou a tomada de Arkoub, no leste da capital, por tropas do regime. A televisão estatal fez diversos informes de plantão com os combates entre as forças governamentais e os rebeldes, chamados de “terroristas”.

Aleppo, capital econômica do país, é cenário de uma intensa batalha entre as tropas do regime e rebeldes desde julho.

Depois de terem registrado um avanço importante no final de julho, no início dos combates, os insurgentes se limitaram a defender suas posições diante do poderio de fogo das forças do governo.

As linhas de frente estão no centro da cidade, e os dois lados estão envolvidos em uma guerra de guerrilha, em que franco-atiradores desempenham um papel importante.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, mais de 30 mil pessoas morreram desde o início do confronto, há 18 meses. A ONU (Organização das Nações Unidas) informa que, no período, cerca de 250 mil pessoas pediram refúgio em países vizinhos e 2,5 milhões precisam de ajuda humanitária.

Com informações Folha.com

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>